quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Executivos com mais de 40 tem dificuldades para se recolocar?

Este tema é recorrente, principalmente em períodos de crise. como a que o Brasil e o mundo sofreram em 2008/2009.
O dia a dia como headhunter tem nos ensinado que o tema depende muito da missão a ser cumprida pelo contratado.
Para certas funções a juventude é necessária por razões inerentes à atividade.
No mundo corporativo tem lugar prá gente de 20, 30, 40, 50 e 60 anos.
Como o contingente de jovens no país é o maior de todos os tempos, há uma tendência natural de estarem presentes em todos os lugares da economia em grande quantidade por várias razões que caberia uma discussão à parte.
Gostaria de compartilhar o perfil de idade dos últimos 5 executivos de nível gerencial contratados em processos conduzidos pela Starhunter no Paraná nos últimos 30 dias: 36, 39, 43, 51 e 51.
O contingente de desempregados jovens também é ainda muito  grande no Brasil. O ideal é não se deixar levar pelo conceito "equivocado" de que idade é o único fator que emprega ou desemprega alguém. Prefiro apostar em outros fatores como perfil para a vaga, experiência e conhecimento técnico, para a vaga, e assim por diante. Tudo relacionado a vaga.
Um abraço a todos!

sábado, 2 de janeiro de 2010

Edmar Miniacci assume diretoria regional de operações da DASA-Diagnósticos da América S.A.

"Fico feliz em ser o Headhunter que o descobriu."
Aristides Girardi

O administrador Edmar Miniacci, selecionado pela Starhunter em 2007, é o novo Diretor Regional de Operações da Diagnósticos da América (DASA) no Centro-Oeste ficará sediado em Brasília e será responsável pela 7 (sete) marcas da empresa nos Estados de Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal.

Assume a nova função na segunda-feira dia 04/01/2010.

Miniacci é formado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará e em Engenharia Química pela Universidade de Guarulhos. Pela USP (Universidade Estadual de São Paulo) tem MBA em Marketing de Serviços e pós-graduação em Gestão Estratégica de Varejo. Também participou de cursos de Processos Comerciais na Espanha e Gestão de Varejo nos Estados Unidos. É autor do livro A Arte da Distribuição, publicado pela Editora Omni. Teve participação em ONGs ligadas à área de empregabilidade.

Durante dez anos Miniacci atuou na indústria farmacêutica, em empresas como Abbott, Squibb e Alcon. Também trabalhou por dez anos no Grupo Ultra, na área de gás, como gerente de mercado. Sua última atuação antes de ingressar na DASA foi como gerente da divisão de planejamento de mercado da Spaipa (Coca-Cola). Miniacci é natural da capital paulista, mas vive com a família em Curitiba desde 2005.

A Diagnósticos da América S/A (DASA) é a maior empresa de serviços diagnósticos da América Latina e a quinta maior rede do mundo, estando presente em diversos Estados do Brasil.

DASA divulga receita bruta de R$ 400,3 milhões no 3T09 com crescimento de Ebitda de 25,7%

World Time