segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Acerte no look de trabalho

Publicado 31/07/11

A roupa certa no ambiente profissional ajuda a passar uma imagem mais segura e competente. Headhunters e consultores dão dicas de como usar a moda a seu favor e ganhar pontos no trabalho


Alexandra Scotti e Mariluci Brambilla procuraram uma
 consultoria profissional para adaptar o visual ao ambiente de trabalho. 
 Ambas queriam mostrar seriedade e elegância na hora de atender um cliente

Difícil não reparar numa colega de trabalho que chega na sala de reuniões com um grande decote ou um vestido muito curto e justo. Ou, ainda, naquele jovem executivo que parece ter caído da cama e resolveu colocar a calça jeans mais velha do armário.

Segundo especialistas, esses “descuidos” podem tirar o brilho de uma carreira e minar futuras pretensões profissionais. “A pessoa desleixada com sua aparência também passa a imagem de ser descuidada com suas tarefas”, afirma Aristides Girardi, CEO da empresa Starhunter Executive Search.

A palavra de ordem, na realidade, é equilíbrio. Ou seja, a roupa certa mostra sofisticação e bom gosto, mas também é preciso manter um pouco da personalidade, pois só sendo autêntico é possível ter uma atitude segura. “O estilo pessoal deve ser impresso, de forma sutil, na roupa usada no ambiente de trabalho, através de um acabamento diferenciado, um acessório bem escolhido”, indica a consultora de imagem e personal stylist Patrícia Nerbass.
 
É preciso, no entanto, cuidado na administração do guarda-roupas. Muitas peças podem transitar entre diversas ocasiões, mas o ideal é ter roupas específicas para trabalhar. Segundo a consultora de imagem Aline Dala Valle, o ideal é comprar peças básicas que combinem entre si e investir em acessórios para não repetir o look.
 
“É fundamental ainda ter atenção com o estado de conservação das peças. Bolinhas, furos e manchas chamam muita atenção e prejudicam a imagem”, acrescenta ela.
 
Na prática
A designer de interiores Mariluci Brambilla contou com a consultoria de Patrícia Nerbass para adaptar o visual ao ambiente de trabalho. “A roupa é um cartão de visitas. Para mostrar seriedade e elegância na hora de atender um cliente, precisei deixar a calça jeans um pouco de lado e substituir por calças de alfaiataria e casacos em tecidos mais sofisticados”, afirma.

A cantora e atriz Alexandra Scotti, que também buscou as orientações de Patrícia, completa: “A roupa reflete muito a personalidade e atitude.O look ajuda a compor a imagem que se quer passar”.
 
Deslizes
É preciso atenção para evitar alguns deslizes que podem enfraquecer a imagem perante os colegas e o chefe.
Usar acessórios muito chamativos, peças com cores ou estampas extravagantes, causa uma péssima impressão, pois a discrição é a regra básica.
Outros cuidados com a aparência não po­­dem ser deixados de lado, co­­mo uma boa conservação dos sa­­pa­­tos, que devem estar sempre limpos e engraxados e nunca exagerar no perfume, sinal de extravagância.
Cabelos limpos e penteados, unhas bem feitas e uma pele limpa também são indispensáveis em qualquer apresentação.
Confira algumas sugestões de looks – entre clássicos, informais e fashion – para não errar no ambiente de trabalho:

World Time