terça-feira, 7 de agosto de 2012

Aprenda a conviver com um chefe "xarope"

By Aristides Girardi

 Todos os dias ouço aqui e ali alguém reclamar do seu chefe. "Ele é muito chato". "Ele não me ouve". "Ele é grosso". "Ele não tem coração". "Ele é um carrasco". "Ele não sabe nada".
Não faltam adjetivos para "elogiar" o chefe.
O que pouca gente se liga, é que conviver com o chefe é uma realidade que ninguém pode escapar.
Em todo lugar há um chefe.
A figura do chefe é necessária para organizar pessoas, processos e ambientes.
Tanto no mundo corporativo, como na casa da vovó, em todo lugar, tem que ter um responsável, senão...
Pois bem, então como conviver com esta figura tão detestada por uns e amada por outros?

1. O chefe é chefe porque alguém o fez chefe ou ele é o dono, portanto, não adianta lutar contra a figura.
2. Por mais que você seja mais experiente, mais inteligente, mais tudo, do que o chefe, ele continuará sendo seu chefe.
3. Não adianta achar que ele ganha mais que você e faz menos, e que você ganha menos e faz mais, ele vai continuar ganhando mais.
4. Se você acha que está sendo perseguido pelo chefe, tem grande chance de estar sendo mesmo, então, mude essa situação mudando de atitude.
5. Puxar o "saco" do chefe pode render ativos funcionais e de carreira? Pode! Até o dia em que ele "azedar" com você e "cobrar a conta". E outra, a galera vai te cobrar também...
6. Ao invés de "derrubar" o chefe, ele pode cair "encima de você",
jogue-o "prá cima", quem sabe você venha a ocupar o lugar dele.
7. Não tente "ensinar o padre a rezar a missa". Chefe "xarope" não se corrige, não se interrompe quando está falando, não se contesta quando está falando "abobrinha". Chefe "xarope" se ouve, vira as costas e vai embora...no outro dia...com calma, retoma o assunto com uma abordagem tipo..."você estava certo", mas temos uma idéia nova sobre o tema, gostaria de ouvir? E mostra uma argumentação coerente, consistente e técnicamente correta, ele não vai resistir. Se resistir, mude de emprego o quanto antes.
8. Se você costuma chegar atrasado no trabalho, em reuniões e compromissos, o "xarope" é você.
9. Se você costuma não entregar suas tarefas no prazo, o "xarope" também é você.
10. Se você acha que o seu chefe é um "xarope" e você é uma "sumidade", tá na hora de rever seus conceitos. Você tem sérios riscos de já ter virado um funcionário "xarope".
www.starhunter.com.br

World Time