sábado, 23 de fevereiro de 2013

CBN Debate perfil do profissional disputado pelo mercado

By Starhunter News
Eduardo Ferraz, Aristides Girardi, Vanuza Vilarinho, Álvaro Borba
 
 
 
A rádio CBN Curitiba do Sistema Globo de Rádio realizou na manhã deste sábado 23 de fevereiro sob o comando de Álvaro Borba, o CBN Debate com a participação de Aristides Girardi, headhunter e CEO da Starhunter, Eduardo Ferraz, consultor, autor do livro Por que a gente é do jeito que a gente é? , e Vanuza Vilarinho Kikina, diretora de desenvolvimento da ABRH/PR. Durante 2 horas de debates os temas giraram em torno do perfil dos profissionais disputados pelo mercado. Itens como valores, competências e perfil pessoal e profissional dominaram o debate. Girardi fez um contra-ponto à abordagens que olham apenas o lado da empresa na busca de talentos, colocando na mesa do debate a visão dos profissionais que por sua vez também tem critérios próprios para avaliar o perfil das empresas em que desejam vir a fazer parte e dar continuidade à suas carreiras. Eduardo Ferraz lançou um conceito novo de valor que chama de "dor de dono" e que pretende explicar melhor em seu próximo livro que já está escrevendo e pretende publicar em breve. Vanuza levantou uma luz sobre a questão da importância de se observar o lado comportamental aliado ao auto-conhecimento para ser bem sucedido no ambiente corporativo. Girardi divulgou resultado parcial de interessante pesquisa que está fazendo no grupo da revista você s.a. no linkedin que já conta com  participação de 1.587 profissionais, uma amostra significativa, onde pergunta: "O que faria você trocar de empresa, mesmo estando trabalhando?" E o resultado parcial é: 36% Melhor qualidade de vida. 34% Busca de novos desafios. 15% Melhor remuneração. 9% Maior autonomia na função. 4% Melhor pacote de benefícios.
 
 



 

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Superar desafios faz parte da vida


A vida é feita de desafios e superação diária
By Aristides Girardi
#aristidesgirardi

Cada vez que começa uma nova semana, ouço todo tipo de frases, clichês e desabafos. Para alguns é apenas mais uma semana, onde o que der e vier, será bem vindo. Para outros é sempre uma expectativa de novidades, surpresas e imprevistos. Existe ainda aqueles que, baseado em uma experiência positiva anterior, esperam que tudo de bom se repita na nova semana. Tem ainda aqueles que pensam que a semana vai ser dura e de muitas batalhas, pois pelas informações e indicadores próprios, na próxima semana "o bicho vai pegar". E ainda tem o time daqueles que gostariam que a nova semana nem existisse, pois superá-la, será quase um milagre. E por aí vai...
Não importa em qual perspectiva de uma nova semana você se encaixa, o que importa é que de uma forma ou outra, todos sobreviveremos. A carga sendo leve, mais ou menos, ou pesada, tem que ser levada e ponto final. A superação é uma das marcas registradas do Ser Humano. Os nossos pensamentos, sentimentos e ações nos levam, invariavelmente, a um resultado. Pensar, sentir e agir, é uma estratégia que deve ser aplicada em nosso dia a dia com disciplina, discernimento e análise dos resultados. Em qualquer momento ou lugar, grande parte do que colhemos é resultado prático desta equação infalível, que nos beneficia ou penaliza. Não adianta jogar "a culpa nos outros", pela situação, estado ou fase que estamos vivendo, sem antes refletirmos sobre o que poderíamos ter pensado, sentido e agido diferente, para colhermos um resultado diferente. Existem variáveis externas e muitas destas, estão totalmente fora de nosso controle, mas me refiro aqui ao que está totalmente sob nosso controle, e muitas das vezes, por ignorância (desconhecimento), visão "embassada" pelas emoções revoltas e tantas outras razões, nos apegamos a uma falsa verdade de que isso ou aquilo não tem mais jeito. Tem jeito sim! Sempre haverá uma nova semana onde teremos a oportunidade de, com mudança de atitude, aperfeiçoamento da nossa visão sobre todas as coisas, exercício da fé e confiança de que nunca estamos sozinhos, experimentarmos a superação dos nossos desafios, porque vencê-los faz parte da nossa vida.

World Time