segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Abrindo a janela do coração

By Aristides Girardi
#aristidesgirardi



"Que as perspectivas de uma semana nova nos impulsione e entrar por portas abertas e a percorrer caminhos de realizações. Que a sua vida profissional esta semana receba uma cota generosa de sabedoria, prosperidade e desenvolvimento. Se você não está trabalhando, espere com paciência e perseverança, o seu tempo vai chegar! Boa semana a todos!"

Muitas vezes uma escuridão invade nosso interior e sentimos dificuldades de enxergar nossa própria sombra. Vamos tateando aqui e ali, e insistimos em seguir em frente, mesmo sem ter a noção exata do que nos cerca e por onde estamos caminhando. As cores desaparecem, a luz vira apenas uma lembrança, e a música ao longe insiste em nos resgatar. Ouvimosvozes de todos os lados e mal conseguimos compreender os nossos próprios pensamentos. A sensação é de que estamos em um túnel em direção ao abismo. É muito mais fácil deixar como está e nos entregarmos a esta acaso que transformou uma vida outrora alegre e feliz em um breu de desolação.

As forças parecem ter ido embora e só resta agora esperar o fim.

Mas, existe uma saída. E esta saída está em nossas mãos. Deus ajuda? Claro que sim. Deus tem poder? Óbvio que tem. Deus é amor? Certamente que sim. Mas temos que fazer a nossa parte. Reagir. Desejar mudar de direção. Sonhar com a restauração. Se derramar e clamar. Agir. Nossa mente e nosso coração, nossos pensamentos e ações, direcionados a busca do rompimento com uma situação que não nos pertence e não queremos mais como cenário em nosso dia a dia. Estender a mão e abrir a janela do coração com todas as forças da alma, para que a luz possa entrar e brilhar. Ir até a janela e contemplar o voo das borboletas que em suas multicores num balé suave e silencioso, ignoram o seu pouco tempo de vida e experimentam a plenitude da sua existência no simples ato de voar. Voltar a sorrir, a cantar e sentir a alegria da vida.

World Time