terça-feira, 22 de julho de 2014

Grupo alemão AKG fará sistemas de arrefecimento em Lorena

By Starhunter News

Nova fábrica será a 14ª da companhia e a 1ª na América Latina

REDAÇÃO Automotive Business
Notícia atualizada às 16h23.

O grupo alemão AKG vai instalar uma fábrica de radiadores e sistemas de arrefecimento em Lorena (SP), cidade a 190 quilômetros da capital do Estado. A unidade ficará em um terreno de 50 mil metros quadrados, com 5 mil m² de área construída num primeiro momento, será a primeira da América Latina e a 14º em todo o mundo. “Vamos fornecer itens para máquinas de construção, máquinas agrícolas, compressores e geradores”, afirma o diretor da futura filial brasileira, Tobias Shaefer. “Em médio/longo prazo, vamos dobrar a área construída”, diz, sem revelar projeções sobre vendas nem o investimento em Lorena.

Segundo o presidente da companhia, Hartwig Pietzcker, o Brasil é a localização ideal para a primeira fábrica da AKG no Hemisfério Sul. A necessidade de conteúdo nacional para baratear os produtos também influenciou a decisão. A empresa vai fabricar e vender trocadores de calor feitos de alumínio e sistemas de arrefecimento com peças complementares tais como defletores, carcaças, grades de proteção, ventiladores, hélices e motores elétricos e hidráulicos. 

O Grupo alemão AKG é dirigido pela holding Verwaltungsgesellschaft. Emprega 2,5 mil pessoas em todo o mundo e tem 13 unidades de negócio, sendo cinco na Alemanha, duas nos Estados Unidos. China, França, Grã-Bretanha, Índia, Letônia e Turquia têm uma unidade cada. 

A empresa tem também nove centros de distribuição localizados na Alemanha, Brasil, Coreia do Sul, China, Estados Unidos, Índia, Japão, Grã-Bretanha e Turquia. As fábricas produzem 2,5 milhões de trocadores de calor por ano de 2,5 mil tipos diferentes. 

Starhunter nas redes sociais:    

 Curtir  Curtir  Curtir 

 Curtir   Curtir  Curtir 

World Time